Profissão: Estudante

estudante

Estudar, estudar, estudar...

Pois é. Quem nunca achou estranho essa “profissão”? E nem sempre ela é encarada como um trabalho. Afinal, até o ensino médio se estuda exatamente o que é determinado pelo Estado. E rara são as vezes em que estudantes, que nessa fase estão entre 15 e 18 anos, decidem em sã consciência estudar além do necessário. Qualquer esforço além deve-se, na maioria da vezes, ao poder de persuassão dos pais.

Então, o que tem de trabalho? Até mesmo aos colégios com horário integral possuem atividades extra-curriculares bem atraentes, como futebol, volêis, teatro, etc… Isso não é trabalho!

Mas ontem, saindo da faculdade me dei conta porque ser estudante pode ser muito mais que profissional.

Claro, vamos entrar num acordo: existem estudantes, aqueles apenas matriculados na faculdade, colégio ou curso, mas que não se importam se passam, se passam colando, se não passam ou até mesmo se não aprenderam nada, e existem os ESTUDANTES, aqueles que ralam, correm atrás e fazem de tudo pra tirar o melhor proveito.

Vou entrar no mérito apenas dos ESTUDANTES. Essa profissão geralmente é muito corrida. Saindo às 20:30 da faculdade, verifiquei que já estava na faculdade desde às 9:00, isto é, passei 11 horas e 30 minutos. Fora que isso não é a primeira vez que faço isso, e com certeza não será a última.

O pior, cheguei na faculdade às 06:45. Voltei em menos de 10 horas. Descontando os deslocamentos, praticamente só cheguei em casa pra dormir. Isso sem contar os dias em que se dorme tarde resolvendo problemas, fazendo trabalhos entre outros. Levando em consideração que no geral, além da faculdade existe o estágio, de no mínimo 4 horas diárias.

Isso me faz lembrar a época da revolução industrial inglesa em que os operários trabalhavam 16 horas por dia. Imagina se um dia os estudantes fazem uma revolução a piquete, pedindo horários mais adequados.

Beijos&Abraços,

Nando.

PS: Claro, esta visão é bem unilateral, mas se quiser comenta abaixo como acontece com você. Você também é um Estudante Profissional?

Anúncios

6 Respostas para “Profissão: Estudante

  1. Gerivaldo Oliveira

    Incluo nesta discussão também os ESTUDANTES ou estudantes trabalhadores.
    Eu sou um ESTUDANTE trabalhador e digo que é difícil, porém muito gratificante.

    ESTUDANTES DE TODO MUNDO, UNI-VOS!!!

    ABRAÇOS a todos!

  2. Do jeito que ta a coisa deveriamos começar a receber por passar mais de 6 horas estudando.

    Mas acho que este tempo poderia ser bem reduzido se o sistema de ensino fosse otimizado, pois das até 12 horas que passamos em uma faculdade ou escola tendo aula umas 3 ou 4 pelo menos nada acontece, ou é professor que vai tomar meia hora de café, ou fica enrolando contando piada, ou chega atrasado ou falta, ou foge totalmente do escopo da aula, e por ai vai.

    Sem contar tambem todos aqueles conhecimentos menos importantes, como deduções de problemas super especificos, ou fatos apenas de curiosidade, e até super detalhamento de atividades ou tecnologias que ja estejam extintas.

    Afinal a vida de estudante serve apenas de base, quando vc tiver que resolver um problema na vida profissional não adianta achar que ja sabe é sentar a bunda na cadeira e estudar!

    Bom quem sabe não promovem uma reciclagem no sistema de ensino brasileiro (eta ilusão).

    Até.

  3. Mas se os estudantes recebessem apenas por estudar (talvez a única das responsabilidades, na maioria) muitos nunca iam ser aprovados e terminar…

    Ae é que a aula não andava mesmo. Se todos em uma sala de aula tivessem um “salário”, nem os professores, muito menos os alunos, iriam se preocupar com a aula…

    E talvez, de uma forma indireta, o bolsa família premia as famílias que tem todos os filhos na escola. E por essa razão, ainda existem alunos fantasmas no sistema educacional brasileiro…

  4. brunonadkarni

    Reconheço o valor da Profissão Estudante. Sempre que vou me inscrever em algo e me perguntam: “Profissão?”, eu respondo ponta e orgulhosamente “Estudante”.

    No entanto, creio que os estudantes já estão sendo pagos por passar esse tempo todo se dedicando aos estudos. Estuda-se hoje, para ganhar mais no futuro, ou para poder ocupar posições melhores e mais gratificantes no futuro. Ou melhor: estuda-se hoje, para que se possa ter/criar mais e melhores oportunidades no futuro.

  5. Pingback: Fique por dentro Estudante » Blog Archive » Profissão: Estudante « Botequim Virtual

  6. Pingback: Retrospectiva 2009 « Botequim Virtual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s