São Paulo – Além de uma visão ambiental dos fatos

Salvando o cachorro da enchente, esta água marrom é sinônimo de erosão do solo.

Hoje, notícias sobre as recentes enchentes de São Paulo estão estampadas nos principais jornais do País.
Estas enchentes não são fatos novos na história, e há muito nesta época do ano, em que a conjuntura das massas de ar que incidem sobre o Brasil, propiciam as chuvas de frente, no sudeste o encontro da Mpa (Massa Polar Atlântica – fria) e Mta (Massa Tropical Atlântica – quente), gera este período chuvoso (chato pra caramba).
Em São Paulo, a culpa não é dos atuais governantes mas sim de várias gerações deles, que não empregaram o mínimo de bom senso e legislação ambiental básica durante o crescimento do que viria a ser a MAIOR capital brasileira, centro financeiro que liga nossa economia com a economia global.

Hoje o que ocorre nas margens do Rio Tietê por exemplo, é a culminância de anos de ocupação irregular, desregulamentada e incosequente. Pois, aprendemos na escola que o existem três tipos de leitos de rios. O leito menor, que é ocupado por todo o tempo, inclusive em época de vazante. O leito maior, que pode ser sazonal e ocupado em períodos de cheia, cheia essa que pode ser provocada por um ou mais afluentes. E o grande vilão de todas estas enchentes que é o LEITO MAIOR EXCEPCIONAL, ele sempre foi ignorado pela população e pelos governantes brasileiros. Esta parte do Rio, seja qual for, somente é ocupada em períodos de máxima cheia, “alagando” assim locais que ficam além de suas margens.
Ora, se as leis do Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), protegem e proíbem que essas áreas de Leito Excepcional sejam ocupadas, POR QUE EXISTEM PESSOAS MORANDO EM LEITO DE RIO? POR QUE EXISTEM PESSOAS QUE TEM COMO “QUINTAL” DE CASA UM LEITO DE RIO? A resposta é muito simples caros leitores. Tudo isto ocorre porque estamos no Brasil e o binômio falta de fiscalização + medidas imediatistas, sempre resulta em tragédias.
Mas, não tem poroblema você abre o jornal ou liga a televisão e vê que mais 6 ou 7 morreram em enchentes, vê que uma grávida foi resgatada de helicóptero para poder dar a luz. Tudo bem, não foi com a minha família, eu digo isso porque é claro que este pensamento já passou pela minha cabeça, no 14º andar em um prédio no Leme, fica fácil demais.
A questão é que estes problemas, não serão resolvidos, você agora vai pensar –Nossa! que rapaz pessimista, não gostei… Eu explico então, os investimentos necessários para resolver estes problemas terão que ser da ordem de Bilhões de Reais e as obras seguirão tendências Faraônicas, e as pessoas que ocupam estas áreas? serão desalojadas? Os resultados favorecerão as camadas populares da sociedade, além de fazer com que a principal cidade do País não pare com as chuvas. Este é o tipo de coisa que acontece nos Estados brasileiros?
O que me chama a atenção é que o Rio de janeiro será sede olímpica e nós sofremos destes mesmos problemas, eu torço então para que ocorram muitas chuvas IGUAIS a essas no período das olimpíadas. Sou contra as olímpiadas e sinto ojeriza pelas comemorações exacerbadas dos flamenguistas, pois muitos que comemoraram domingo, hoje não possuem mais nenhum eletrodoméstico em suas casas.

Até quando ficaremos sorrindo felizes, gratos por essa política do Pão e do Circo?
Acho que o problema é moral e a Democracia está “morta”.

Um Abraço a Todos,

Gerivaldo Gomes Luna de Oliveira

ps: Desculpem pela longa ausência

Queridos Leitores(as),
Me desculpem pela longa ausência. O que importa é que estou aqui de volta. 🙂

Anúncios

2 Respostas para “São Paulo – Além de uma visão ambiental dos fatos

  1. Muito bom o texto…

    E acho que todo o carioca sabe, depois de hoje, o que é uma chuva parar a cidade. E depois reclamam que toda vez que chove o rio maracanã, entre outros, sai do leito.

    Mas realmente a política do “carpem diem” pegou no Brasil, só que de uma forma bem brasileira. Pra que ligar pra aquilo que importa se daqui a pouco eu vou me divertir mesmo. Só uma ilustração disso é o fato de moradores de comunidades carentes não terem o que comer mas possuirem uma TV Full HD melhor que a minha (que ainda é de tubo).

  2. Waterworld!!!!

    Vamo vira peixinho!!!

    Manda uma porção de traira com frutos do mar para celebrar a união dos humanos! Todo mundo junto no fundo do mar!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s