Meu reveillon particular…

image

Contingente Brasil do Moot Canadá

Fala, Adamastor! Quanto tempo desde a última vez que passei por essas bandas. Nesse momento, estou sobrevoando o Atlântico. São 22h30 no Brasil e 2h30 em Londres, próxima parada até chegar a Ljubljana, Eslovênia, para a Conferência Escoteira Mundial. Não consigo dormir na poltrona do avião e resolvi dar um tempo nas séries. Sei que vou estar quebrado em Ljubljana, porém, c’est la vie.

Enfim, estou indo para mais uma viagem escoteira e rumo a encerrar um ciclo que se iniciou há exato um ano. Nesta mesma época, no ano passado, estava aproveitando o meu tempo no Canadá. Fui participar do Moot Mundial e ter um importante ponto de mudança em minha vida. O meu “ano passado” começou em agosto. Até participar da ativdade, não só eu, mas boa parte das pessoas que foram encontraram no Canadá um marco na vida. Os momentos compartilhados foram únicos e insubstituíveis. Meu círculo de amizades se ampliou e pessoas que conheci por lá se tornaram muito importantes na minha vida. Pessoalmente, foi um passo, uma prova de minha capacidade de sobreviver no mundo. Sobrevivi! As minhas experiências ficaram em posts antigos e não me atrevo repetir aqui com medo de não fazer jus às suas intesidades.

Imediatamente após o Moot, fui para a Conferência Escoteira Interamericana, outro momento agradável na incrível Buenos Aires. Outros amigos, novas experiências, nem todas com a mesma intensidade do Moot, mas todas agradáveis. Esses pequenos momentos me permitiram fazer contatos e amizades que, espero, façam parte da mimha vida por anos.

Em pouco tempo, esses contatos feitos me renderam um convite para “apagar um incêndio” no Moot Interamericano, realizado no Rio Grande do Sul. Foi muito importante esta responsabilidade de auxiliar os amigos que depositaram uma boa fé em meu nome. Não trabalhei sozinho, porém, mais uma vez estava conhecendo novos amigos, novas ideias e muitas possibilidades. Revendo os “velhos” amigos do Canadá e estreitando laços. Além do mais, tive experiências que me fizeram crescer demais como ser humano.

Durante estas atividades, vinha amadurecendo um relacionamento que começou no Moot Canadá com um abraço bem apertado. As conversas, os bate papos, as noites em que se conversava até o sono chegar e dizer boa noite, até amanhã. Em abril deste ano, esse relacionamento cruzou mais uma vez as fronteiras e foi se concretizar em beijos&abraços reais, fazendo jus àquele “gostinho” deixado no Canadá. 😉

Agora, sigo para a Eslovênia e vejo que este ano de viagens escoteiras, conhecer novas pessoas e viver novas experiências está encerrando para mim. Não quero dizer que vou parar de participar ou viajar, mas sinto que as próximas serão diferentes. É um ciclo que se encerra para que o próximo venha abundante de novas experiências, novos amigos, mas o mesmo amor.

Adamastor, traz uma coca-cola e uma porção de bacon pra todos! Feliz ano novo!

Beijos&Abraços, Nando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s