Arquivo da categoria: Escotismo

Do trabalho voluntário…


trabalho voluntarioTrabalho voluntário: é quando você executa algum trabalho sem que haja remuneração, ganho direto ou indireto, ou gere benefícios financeiros ou vantagens. Em linhas gerais, é quando você doa o seu bem mais precioso (o tempo) em prol de uma causa, ação ou ideal, em viés cívico, cultural, educacional, científico, recreativo ou de assistência social.

No entanto, o trabalho voluntário, como qualquer outra atividade da sociedade humana, gera vínculos, expectativas e, infelizmente, decepções. Por geralmente o ambiente voluntário ser mais leve que o de um emprego formal, as pessoas se sentem mais a vontade, ao mesmo passo, que sérias más interpretações do serviço voluntário podem advir deste mesmo espaço. Continuar lendo

Escotismo vs Mercado de Trabalho


contratacaoDe vez em quando, fico pensando em situações irreais e fictícias (pelo momento, às vezes). Já pensei em como ser quando for pai, como ser quando for morar sozinho, como ser quando voltar a me apaixonar. Enfim, desta vez, um pensamento que me veio seria como contratar alguém (se eu fosse gestor na minha profissão). Qual o perfil eu contrataria?

Por ser escoteiro, e ter sido criado em um ambiente tipicamente escoteiro, levo a crer que contrataria (quem adivinha?) uma pessoa que tenha sido do movimento escoteiro (tá-dá!). Claro! Somos treinados, estimulados e inspirados a acreditar que todos os escoteiros são seres bacanas, especiais, com dons que a sociedade tem carência e que ninguém mais, além de nós, tem esses dons. Correto? Errado! Continuar lendo

Lições de um Moot…


Apenas para deixar claro, são 3:23 da manhã do dia 17 de agosto de 2013. Estou em minha barraca, com frio nos pés e nas mãos enquanto escrevo. Dentro de meu saco de dormir, posso ver que muito aconteceu neste Moot do Canadá.
Continuar lendo

Mudança no traje escoteiro: uma proposta muito polêmica…


Amigos,

Dessa vez, venho com um post não tão legal, mas com um assunto bem polêmico no Mundo Escoteiro: A mudança do traje. E fiz um comentário no Blog do Conselheiro Altamiro (Altamiro no CAN: Transparência), que dessa vez foi na contramão do blog dele: faltou com Tranparência.

Para quem não sabe o que está acontecendo, segue o link da Ata da Reunião do CAN que aprovou a mudança (somente do traje, não do uniforme). Vai logo no item 5, que é o que trata do assunto. Continuar lendo

Kudu: Escoteiros fazendo eco…


Fala Galerinha do Mal,

Estou participando de um evento on-line para escoteiros. O nome dele é Kudu: Escoteiros fazendo eco. O nome Kudu vem do berrante que B-P utilizou no primeiro Acampamento na Ilha de Brownsea (se não me engano).

Pois bem, da mesma forma que o B-P chamou aos primeiros escoteiros, os escoteiros do Brasil são convocados para fazer a sua parte para preservar a natureza, o nosso mundo.

Então, como parte do chamado, existem tarefas a serem cumpridas, e o cartão de visitas acima indica que completei a tarefa! Vamos pra próxima então…

Adamastor, posso contar contigo nessa empreitada? A gente começa a fazer coleta seletiva aqui no bar… Hehehehe…

Beijos&Abraços, Nando.

Postado do meu Nokia N9

A Lei Escoteira – Um código além da honra


Fala Adamastor! Como tá aquela força! Não, eu não quero moralizar os leitores ou este amado estabelecimento. Na realidade, só estou falando desse assunto pois me dei conta de que justamente o que os quatro delinquentes que puxam papo neste boteco (além da maior parte dos donos de comentários) têm em comum é o Movimento Escoteiro. Afinal, nos conhecemos lá, no mesmo Grupo Escoteiro, em Copacabana…

Mas não vim falar da minha vida como escoteiro, e sim deste código de ética universal que é a Lei Escoteira. Muita gente se confunde e acha que todo escoteiro é um corderinho adestrado. Coitadinhos! Se soubessem que escoteiro é igual a todo mundo (e até tem uns piores, mas melhor não entrar na discussão), ficariam sem piadinhas toscas. Pois bem, hoje eu quero é discutir um pouco a Lei Escoteira. Continuar lendo