Arquivo da tag: Reflexão

Considerações de aniversário – 8ª edição


lua

Foto da lua vista pelo meu antigo apê.

E mais um ano se passou, rápido, sorrateiro e, sem que percebesse, não consigo voltar ao ritmo de escrever para o Botequim Virtual. Não por falta de assunto e sim por falta de tempo para administrar, pensar e escrever aquilo que a vida me reserva. Triste, porém real. E cá estou eu, nos primeiros minutos do décimo segundo dia do segundo mês do ano, escrevendo as tradicionais considerações para o aniversário.

“Mas, Nando, isto significa que o seu ano foi ruim?”, você me pergunta. É claro que não! Porém, constato com o meu cansaço diário que o tempo está cada vez mais raro na minha vida. E como diz as regras da economia, quanto mais raro um recurso, mais precioso ele se torna. Logo, aprendi, de forma abrupta, a priorizar, reorganizar e, mais importante, não desperdiçar o tempo. Continuar lendo

Considerações de 3 décadas de aniversário…


aniversário 30 anosE chegou, de forma tranquila, despretensiosa e simples aqueles fatídico dia. Poucas vezes tem tanto significado: 15 anos, 18 anos, 24 anos (para a zueira dos homens), 30 anos e a cada 10 anos, sendo a partir do 70 uma façanha para os familiares.

Ainda estou no início do percurso, mas essa breve análise já me faz perceber que o intervalo só cresce. Imagino que a partir do centenário seja o inverso, o intervalo diminua, salvo em caso de grandes avanços da medicina e qualidade de vida. Continuar lendo

Dia 7: Reflexões de Aniversário – 4ª Edição


aniversárioChegou! Hoje é o meu aniversário! Finalmente encerramos os dias de releituras. E agora, a releitura mais aguardada por mim: a releitura do meu último ano.

Bom, este post não vai ser muito longo pois creio que este último ano foi bem tranquilo. Afinal, não teve quase nada de novo na minha vida, né? Claro que não! Praticamente me afastei bem do Botequim pois tinha muita coisa acontecendo na minha humilde vida. Continuar lendo

Dia 3: Eu vs Você


críticaCalma, calma, calma… Não estou propondo um confronto de UFC Filosófico ou algo do gênero. Não senhor(a), muito pelo contrário. Eu vs Você, apesar de sua escrita mais agressiva, não é uma afronta: é um levantar-se quando não concordamos com o próximo.

O texto foi concebido em meus 19 anos. Estava ainda amadurecendo muitas ideias, e uma das coisas que tive que aprender a lidar foi com a crítica. Mas não me refiro àquela crítica construtiva. Não! Este texto trata daquela crítica que as pessoas fazem sobre a sua vida sem querer te conhecer melhor. Continuar lendo

Dia 2: O Futuro Passado


tempoOlá amigos! Hoje foi tenso. Por pouco deixei de cumprir minha palavra, questão de minutos. E por isso, acho que este texto que estou publicando hoje tem bem haver com essa situação: o tempo (O Futuro Passado).

Por este ter sido o segundo texto de minha “carreira”, além de ser bem especial, também a data de publicação é bem especial (somente os fortes entederão!). Além do mais, falar sobre o nosso futuro e passado é um tema sempre em voga. Afinal, já foi dito que “um país sem história é um país sem futuro”. E por que não, uma pessoa sem história é uma pessoa sem futuro? Continuar lendo

Dia 1: Vida


vidaPois bem, amigos! Começo estes 7 dias de releituras com o primeiro texto filosófico que escrevi: Vida. Foi um texto importante, pois estava às véspera de fazer o vestibular da UFRJ e escreve-lo foi importante para desanuviar a minha cabeça. Como geralmente faço nos dias de hoje.

Este texto trata da vida de um a forma geral. Faz algumas comparações importantes e interessantes sobre os conflitos que existem ao longo de nossa vida. Afinal, é importante que possamos refletir sobre cada parte da vida que passamos. E além do mais, este texto foi um divisor de águas. Continuar lendo

Feliz Ano Novo / Coisas a fazer antes de morrer


Antes de mais nada Feliz Ano Novo!

Provavelmente, este será o último post do ano e o primeiro que muitos irão ler no dia primeiro (afinal, nem eu quero ficar no pc amanhã…) Enquanto a chuva cai forte no Rio de Janeiro neste final de ano, devemos olhar com muita atenção a  esta época especial: Ano Novo!

Esta época do ano é muito conhecida por fazer a humanidade beber até cair e depois fazer promessas que serão esquecidas na segunda semana do ano. Alguns prometem nunca mais beber, outros prometem parar de fumar ou começar a praticar exercícios físicos. De qualquer forma, sempre são promessas relacionadas a um aspecto a ser melhorado, e esse aspecto vem depois de uma auto-reflexão. Continuar lendo