Vem pra rua… Mas pra quê???

O gigante acordou! Vem pra rua! Não à PEC 37! Uma dessas frases você com certeza viu, ouviu ou curtiu desde semana passada. As pessoas estão buscando as ruas, buscando “melhorar” a nossa atual situação. Enfim, li bastante, vi alguns vídeos e, especialmente, estou lendo o relato de amigos que estão mais envolvidos na luta e decidi me manifestar (no sentindo de dar a minha opinião), enquanto aguardo o meu voo pra Vitória. Mesmo com essa especial “organização”, ainda tenho alguns receios. Entretanto, de forma alguma me oponho aos protestos, pelo contrário, apoio dentro de minhas convicções. E você?
Essa é sempre a pergunta que fica girando a minha cabeça nesses momentos em que o povo faz algo muito unido, seja se manifestar, fazer uma micareta ou ir para um estádio torcer pelo seu time. Não foi há muito tempo que utilizar a internet o tornava nerd, enquanto hoje em dia as pessoas nâo vivem sem celular espertofone (smartphone). Agora é moda. E você está no time pela ideologia ou pela moda?

Eu sei que estou pela ideologia, pela convicção de que podemos brigar por algo melhor. Afinal, desde sempre tive essa inquietação em fazer o certo, brigar, falar e incomodar. Sei que muitos dos meus amigos estão pela mesma crença num futuro melhor? Mas e você que até mês passado postava foto de biquini no Facebook, falava futilidades e, estranhamente, hoje posta frases e apoio a essa Revolução do Vinagre (por sinal, essa é a aposta que a minha família faz pra como as manifestações serão conhecidas nos futuros livros de história). Será a moda ou a consciência? E com certeza, aqueles que forem da moda vão postar fotos de si mesmos no Instagram só pra falar pros filhos e netos “eu estava lá”.

Agora, pra que estamos estamos brigando? Melhor, por que e por quem estamos protestanto? É mesmo por vinte centavos? É uma mudança geral? Bom, esse é o meu outro receio. Apesar do estopim, espontaneo ou articulado, ter sido o mesmo, nem todos querem brigar pelas mesmas coisas. Ou pelo menos, as prioridades não são as mesmas. E nesse sponto, pode ser que a manifestação perca a força pois, com tantas frentes diversificadas, fica difícil defender tantos pontos. Apesar de terem sido lançadas as 5 Grandes Causas, as prioridades nas mudanças podem ser diferentes pra cada pessoa. Afinal, não faz muito tempo, o estado de São Paulo elegeu o palhaço Tiririca para Deputado Federal. O que podemos entender de um povo que coloca alguém sem preparação para um cargo tão importante? Será que não foi moda e hoje a moda é protestar?

Sei lá, este é o meu maior receio, de que o povo seja usado como massa de manobra, sem entender o por quê da mudança, do protesto. Pois se você for apenas número, e não mudar as atitudes para serem compatíveis com a revolução hoje e sempre, sei que você será o primeiro a mudar de lado se o atual governo conseguir te ludibriar, te conquistar com Bolsas Esmolas, ou outros benefícios, dos mais diversos tipos. Por isso fica a pergunta: por que VOCÊ tá nessa luta? Por que VOCÊ tá vivendo essa vida?

Adamastor, fecha o botequim hoje, liga os alarmes. Se a manifestação deixar de ser pacífica, quero pegar esses criminosos vândalos.

Beijos&Abraços, Nando.
Postado do meu Motorola Xoom graças ao enorme atraso do meu voo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s